Marca Botões e Esquadrões
Campeão da Liga da Bélgica e da Taça da Bélgica, o Anderlecht, da cidade de Bruxelas, era uma das forças do futebol europeu naquela década tendo conquistado ainda a Taça das Taças (Recopa) e a Supercopa Europeia nos anos de 1976 e 1978.

Os meias Dockx e Verheyen, e o atacante Van Himst, que participaram da seleção nacional na Copa do México em 1970, davam o toque de eficiência e experiência à equipe.

O toque de classe ficava por conta do jovem atacante holandês Rensenbrink, que dois anos mais tarde seria uma das principais peças da Laranja Mecânica na Copa da Alemanha Ocidental. 

Rensenbrink em ação: a bola sob controle 

Defesa:

1.Barth (holandês); 4.Plaskie, 2.Volders, 5.Van Binst e 3.Broos (já veterano, participou da Copa do Mundo do México em 1986 quando atuava pelo Brugge);
Meio-Campo:
6.Dockx, 8.Lievens e 9.Verheyen;
Ataque:
7.Mulder (holandês),  10.Van Himst (capitão) e 11.Rensenbrink (holandês).
Técnico: George Kessler (alemão)




Com a colaboração de Ricardo Bucci http://botoesparasempre.blogspot.com/






Comentários

Desenvolvido com por tavares.in