Marca Botões e Esquadrões
O Brasil enfrentou a União Soviética no Maracanã, em jogo amistoso realizado no dia 1º de dezembro, e venceu por 2x0 com um gol de Falcão (que substituiu Givanildo) e um golaço de Zico. 

O lateral-esquerdo Marinho Chagas (Botafogo) e o volante Caçapava (Internacional) entraram no decorrer da partida nos lugares de Carlos Alberto e Rivelino, respectivamente.
 
Leão, Amaral, Gil, Zico, Rivelino e Roberto, dois anos mais tarde, na Copa da Argentina, ajudaram o esquadrão canarinho a sair invicto da competição, apesar do terceiro lugar na classificação final.
 
Até mesmo nomes menos festejados como Givanildo (Santa Cruz), Beto Fuscão (Grêmio) e Nei (Palmeiras) mereciam respeito. Notem, na escalação abaixo, que todos os jogadores atuavam em times brasileiros, o que possibilitava uma maior identificação com a torcida. Bons tempos.
 
Defesa:
1.Leão (Palmeiras), 4.Carlos Alberto (Fluminense), 3.Beto Fuscão (Grêmio), 2.Amaral (Guarani) e 6.Marco Antônio (Vasco);
Meio-Campo:
5.Givanildo (Santa Cruz), 10.Rivelino (Fluminense) e 8.Zico (Flamengo);
 
Ataque:
7.Gil (Fluminense), 9.Roberto Dinamite (Vasco) e 11.Nei (Palmeiras)

Técnico:
Oswaldo Brandão
 
 

Cartela para Futebol de Botão

 
 

 
  

Botões & Esquadrões estimula o conhecimento da história do futebol nacional e internacional, e incentiva a prática do Futebol de Mesa.
Participe. Deixe o seu comentário e colabore com o nosso portal.

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in