Marca Botões e Esquadrões
A Seleção Brasileira nunca esteve tão perto de conquistar a medalha de ouro no torneio de futebol como em 1988 nos Jogos Olímpicos de Seul, Coreia do Sul. 
 
Sem limite de idade para inscrição dos jogadores (a única restrição era que o jogador jamais houvesse disputado uma Copa do Mundo), o Brasil levou nomes já consagrados e no auge da carreira, desse modo, foi possível para o treinador Carlos Alberto Silva convocar Taffarel, Jorginho, Andrade, Geovani, Bebeto e Romário, além de  Ricardo Gomes, Mazinho, Neto, Valdo e outros destaques.
 
A Seleção terminou o primeiro tempo da finalíssima com 1 x 0 a seu favor, gol de Romário, mas sofreu mais uma virada histórica, o ouro ficou com a União Soviética.


Defesa:
1.Taffarel; 14.Luís Carlos, 15.Aloísio, 13.
André Cruz e 2.Jorginho;
Meio-Campo:
5.Ademir
, 19.Andrade, 16.Milton e 8.Geovani; 
Ataque:
20.Bebeto
e 11.Romário.
Formação do jogo contra a Argentina, válido pelas Quartas de Final. O Brasil venceu por 1 x 0.
Técnico: Carlos Alberto Silva

 

Para ilustrar, inseri a logo das Olimpíadas de Seul.

 

 

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in