Marca Botões e Esquadrões
Campeonato Brasileiro na reta final, emoção dobrada, Flamengo e Fluminense os dois últimos campeões... de 1983 e 1984. Coincidentemente, a sequencia ocorreu também em 2009 e 2010 para alegria da dupla responsável pelo clássico mais famoso do país. Relembrando a sequencia dos anos 80, um post especial com o Fla de Zico e o Flu de Romerito.
 
FLAMENGO 1983 
A geração Campeã do Mundo de 1981 sofreu muitas baixas (Mozer, Andrade, Tita, Nunes e Lico ficaram de fora), as contusões e transferências forçaram o Flamengo a mostrar caras novas (Bigu, Elder, Baltazar e Júlio César). Aos trancos e barrancos, mas ainda contando com o genial e sempre decisivo Zico, o rubro-negro chegou ao tricampeonato nacional contrariando todos os prognósticos.
Defesa:
1.Raul; 2.Leandro, 3.Marinho, 4.Mozer e 5.Júnior;
Meio-Campo:
5.Bigu, 8.Adílio e 10.Zico;
Ataque:
7.Elder, 9.Baltazar e 11.Júlio César.
Técnico: Carlos Alberto Torres
 
    
 
 
FLUMINENSE 1984 
Em 1984 o Fluminense, seguindo o rastro do rival, conquistou seu primeiro Campeonato Nacional depois do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1970. Sem um gênio na equipe, o eficiente jogo coletivo era a principal marca dessa equipe. O maior destaque individual era o meia-direita (falso ponta) paraguaio Romerito, que ao lado do "casal 20" Assis e Washington, formou um ataque inesquecível. O zagueiro Ricardo Gomes e o lateral-esquerdo Branco tornaram-se titulares da Seleção Brasileira. Vale também destacar a qualidade técnica do goleiro Paulo Vítor, do meia-esquerda Delei e do ponta-esquerda Tato. 
Defesa:
1.Paulo Vítor; 4.Aldo, 2.Duílio, 3.Ricardo Gomes e 6.Branco;
Meio-Campo:
5.Jandir, 8.Delei e 10.Assis;
Ataque:
7.Romerito, 9.Washington e 11.Tato.
Técnico: Carlos Alberto Parreira
 
 
 

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in