Marca Botões e Esquadrões
O terceiro lugar no Campeonato Brasileiro colocou a Ponte Preta entre os melhores times do Brasil no início da década de 1980. Assim como o esquadrão de 1977,  o de 1981 também foi vice-campeão paulista com uma equipe que revelou craques para a Seleção Brasileira.
 
Enquanto em 1977 a Macaca contava com o goleiro Carlos e a dupla de zaga Oscar e Polozzi, em 1981 revelou o zagueiro central Juninho e o lateral-direito Édson Boaro.  Odirlei, Marco Aurélio e Dicá  davam o toque de experiência. Toninho Oliveira, Nenê, Chicão e Osvaldo também mereceram destaque. Uma Ponte muito bem construída.
 
 
Defesa: 
1.Carlos, 2.Toninho Oliveira, 3.Juninho, 4.Nenê e 6.Odirlei;
Meio-Campo: 
5.Zé Mário, 8.Marco Aurélio e 10.Dicá;
Ataque: 
7.Édson (lateral-direito improvisado na ponta), 9.Chicão e 11.Osvaldo (meia improvisado na ponta-esquerda).

Técnico:
Jair Picerni
 
  

Cartela para Futebol de Botão

 
 
A Ponte bateu o Grêmio no Olímpico pela semifinal do Brasileiro de 1981 mas não conseguiu vaga nas finais contra o São Paulo.
 
 

Botões & Esquadrões estimula o conhecimento da história do futebol nacional e internacional, e incentiva a prática do Futebol de Mesa.

Participe. Deixe o seu comentário e colabore com o nosso portal.

Comentários

Desenvolvido com por tavares.in